Apresentação do projeto

O projeto BIO-PLATEAUX é financiado pelo Programa de Cooperação Interreg Amazônia (PCIA), com a coordenação do Coletividade Territorial da Guiana francesa (CTG). O projeto é apoiado também pelo Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES), o "Office de l'Eau de Guyane" (OEG) e a Direção Regional de Territórios e do Mar (DGTM).

partenaires

As bacias transfronteiriças 

O projeto é implementado na bacia do Maroni (compartilhada pela Guiana Francesa e Suriname) e na bacia do Oyapock (compartilhada pela Guiana Francesa e o estado federado do Amapá no Brasil).

carte_bassins_pt

 Os desafios

enjeux_1 Preservar recursos hídricos excepcionais e biodiversidade aquática
enjeux2

Avaliar as limitações para monitorar recursos

enjeux_3 Considerar as incertezas associadas às mudanças climáticas e o risco de inundações
enjeux_4 Observar o transporte de sedimentos a montante e a jusante
enjeux_5 Integrar os desafios humanos compartilhados além das fronteiras: usos e poluição

 

 Objectivo e componentes do projeto BIO-PLATEAUX

O projeto BIO-PLATEAUX visa desenvolver o compartilhamento de informações sobre a água e a biodiversidade associadas aos ambientes aquáticos entre a Guiana Francesa e seus vizinhos Brasil e Suriname, em particular nas respectivas bacias Oyapock e Maroni. Para atingir esse objetivo, dois componentes:

 

project_description_pt